O cachorro Romeu foi adotado por uma família e não dorme mais em rua de São Paulo

O cachorro Romeu na Páscoa de 2010: foi feita rifa de ovo de Páscoa para ajudar no seu tratamento

           Amigos e amigas, uma ótima notícia para todos que só publico agora com a certeza de que a doação do cachorro Romeu deu certo e sua adaptação no novo lar, em bairro da zona sul de São Paulo, foi bem-sucedida.

           O cão comunitário Romeu, que muita gente conhece deste blog, foi finalmente adotado durante a Páscoa deste ano por uma ótima família, o seu João e sua esposa, que moram em confortável e ampla casa de São Paulo, em companhia também do cachorrinho Doguinho.
            Romeu era o cão comunitário de uma rua do bairro Granja Julieta, desde que apareceu por ali abandonado, há cerca de dois anos. Tentaram até adotá-lo na época, mas estava estressado e não castrado, e não se adaptou. Foi ficando perto da guarita de vigias e conquistou fãs que cuidaram dele, conforme permite a lei 12.916, de abril de 2008, do Estado de São Paulo.
            Mas sua sorte mudou em abril de 2010.  
            Diante de novas situações que surgiram na rua, como as hostilidades de um jovem desconhecido e do agravamento de seu problema de saúde (ele sofre de séria alergia à mordida de pulga), a família de seu João se dispôs a tentar ter Romeu em sua casa.
             Cuidei pessoalmente desta adaptação, ao lado de outros amigos, com dicas que vieram até do Canadá, e tudo foi bem-sucedido em poucas semanas. Hoje, Romeu está com ótimo espírito, bom humor, alegre, se alimenta bem, dorme a noite inteira em quarto seco e quente, e passeia quase todos os dias. Antes de dormir, come pedaços de mamão!
             Todos da comunidade foram consultados sobre a doação e todos autorizaram. 
             Eu, como responsável técnico pelo cachorro junto ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Prefeitura de São Paulo, fui árduo defensor desta doação e dela participei diretamente. Este sempre foi o nosso objetivo. Uma casa boa e amável é sempre melhor do que a rua. Romeu ficou na rua porque não havia nenhuma outra opção e esta é possível, já que ele é manso.
                                                                                                    Informo que já foi transferida a propriedade de Romeu para seu João lá no cadastro do CCZ.
                                                                                                    Com o tempo, todos os amigos de Romeu estão se acostumando em vê-lo durante os passeios diários.
                                                                                                    Romeu conquistou muitos amigos e continua conquistando com sua simpatia, educação e jeito brincalhão. Está sempre de bem com a vida. Agora, uma nova fase da vida deste animal começa. Eu o vi pela primeira vez na Avenida Santo Amaro, deitado na calçada, diante de uma churrascaria. A refeição que não teve naquele dia, hoje não falta.
                                                                                                   Agradecemos a Deus por esta graça, vivida por todos da comunidade na Páscoa de 2010.
                                                                                                   Que Jesus ilumine Romeu e sua nova família, que ele seja feliz ao lado de Doguinho, é o que desejamos.
                                                                                                   Forte abraço em todos,
                                                                                                   Ricardo Osman
 
                                                                                                             

Uma resposta para O cachorro Romeu foi adotado por uma família e não dorme mais em rua de São Paulo

  1. Ariane Martes disse:

    Olá!

    Sinto uma alegria imensa quendo vejo estes casos com final feliz!!!

    Parabéns!

    Agora por favor, preciso de uma informação, como vocês conseguiram proteção de cão comunitário? Tem que se registrar na prefeitura?!?!

    Pois tenho um caso muito parecido, na minha rua.

    Obrigada!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: